Pages Menu
Categories Menu

Publicado por - 18/03/2009

Conhecendo as Artes Visuais

 

roda-de-cores

 

Olá amigos (as),

Esse site é de psicologia, contribuindo com os professores de arte, seja no ensino fundamental,médio,psicopedagogos e especialistas em dependência química. Nosso site tem 04 meses de existência, e  tem tido um crescimento significativo,o número de visitas tem aumentado a cada dia! O que me deixa alegre e sempre motivada para continuar oferecendo o que tem de melhor sobre essas áreas de forma gratuita. A meta é ajudar na sua cura e no processo de ensino aprendizagem, favorecendo o desenvolvimento do ser humano. 

Hoje vamos falar de Arte Visuais.

Teoria da cor
Habilidades  a serem desenvolvidas  de acordo com o PCN de Artes:
Identificar os princípios de cor-luz e cor-pigmento
Elaborar trabalhos simples usando cor-luz e cor-pigmento

o que é artes visuais?

Nas formas tradicionais temos:pintura, escultura, desenho, gravura, objetos, cerâmica.

Outras modalidades que resultam dos avanços tecnológicos do século XX: fotografia, artes gráficas, cinema, televisão, vídeo, computação, design, arte em computador e outros.
Na escola os alunos vão passar por um conjunto amplo de experiências de aprender e criar, articulando percepção, imaginação, sensibilidade, conhecimento e produção artística pessoal e coletiva.

A Cor  em seu Contexto cromático
A cor é uma percepção sensorial registrada pelos nossos olhos. A cor é o aspecto visual da imagem que se alcança imediatamente. As cores influem em nosso estado de ânimo. Sabemos que as cores têm efeito psicológicos sobre nós. Ex. o arco-íris é visto como símbolo de paz e de tranquilidade.

Estudo das cores 
Não só artistas e pintores,mas também estudiosos de áreas científicas, se ocupam do estudo das cores. O físico, o químico, o psicólogo. Leonardo da Vinci, grande artista e cientista italiano, dizia que a cor deriva da decomposição da luz branca do sol.
A cor e seu uso seja no design, na arte, no trabalho e na vida.

A cor- luz ou cor energia é toda cor formada pela emissão direta de luz.
As cores dos pigmentos
• O pigmento é um material colorido que pode se encontrado na natureza ou ser produzido artificialmente.
• Ex. Pigmento: dá cor a tudo o que é material.
• Folhas da plantas: verdes (clorofila);
• Solo: cores diferentes em cada região de acordo com a ocorrência dos minerais e suas respectivas composições (pigmento com sua cor própria);
• Urucum: semente usada pelos índios para colorir o corpo, cabelos e outros artefatos:

As leis da cores 

Círculo cromático de Itten ele o dividiu em doze parte.Os círculos cromáticos, Johannes Itten trabalhou um círculo cromático para auxiliar na busca das cores e aprender suas leis fundamentais

Cores primárias : Azul – Vermelho – Amarelo
Chamam-se cores primárias porque são cores puras, ou seja, cores que não se conseguem com a mistura de outras cores
Cores secundárias porque se conseguem obter a partir da misturas de duas cores primarias – Laranja – verde – violeta.

A cor tem capacidade de captar rapidamente – e sob um domínio emotivo – a atenção do comprador. A cor exerce ação tríplice: a de impressionar, a de expressar e a de construir.
A cor é vista: impressiona a retina. É sentida: provoca emoção.
É construtiva, pois tendo um significado próprio, possui valor de símbolo, podendo assim, construir uma linguagem que comunique uma idéia.

 

Cor é vida!

Cores Complementares

A cor complementar de uma cor primária, é a que resulta da mistura das outras duas cores primárias.

1. O vermelho é complementar do verde.
2. O azul é complementar do laranja.
3. O amarelo é complementar do violeta
4. ARTE – Linguagem Visual

Vocabulário da Arte 

CONTRASTE – No contraste as cores se valorizam mutuamente. Obtemos contraste com a justaposição de cores complementares, que se harmonizam quando uma é pura e a outra altera seu valor. Ex. amarelo e violeta, verde e vermelho, preto e branco.

Tom – Refere-se a maior ou menor quantidade de luz presente na cor. Quando se adiciona preto a determinado matiz, este se torna gradualmente mais escuro, e essas gradações são chamadas escalas tonais. Para se obter escalas tonais mais claras acrescenta-se branco.

Monocromia é obtida com diferentes matizes de uma mesma cor. De outro modo, quando usamos uma única cor em uma composição, mas com várias tonalidades, dizemos tratar-se de uma monocromia. Por exemplo: usamos o preto e o branco para dar a variedade de tons, mais escuros ou mais claros.

Policromia é o emprego de muitas cores, formando um todo agradável.

“Cromar” significa colorir. Quando usamos várias cores (mais do que três) em uma composição, dizemos tratar-se de uma policromia.

Matizes ou nuances são as diferentes tonalidades de uma mesma cor. As cores mescladas com branco tendem a clarear e as cores mescladas com preto, escurecer. Uma cor possui infinitas nuances. Uma cor pode adquirir aspecto mais claro e mais escuro de acordo com a intensidade de luz que incide sobre ela.

O branco e o preto não são cores mas nós a vemos como tal. São opostas – O branco é luz e a soma de todas as cores. Preto é ausência de luz e aparentemente não é feita de nenhuma cor.

Misturando o branco e o preto em quantidades diferentes conseguirás diferentes tons de cinzento.

 

Cores Acromáticas

 

São as cores chamadas neutras: o branco, o preto, as cinzas e os marfins.

A temperatura das cores, designa a capacidade que as cores têm de parecer quentes ou frias e de transmitir sentimentos ao observador.

Cores quentes
São cores onde predominam os tons de vermelho, amarelo e laranja. Caracterizam-se como cores vibrantes, alegres, agressivas, sensuais etc., dando, inclusive, a sensação de calor. São cores associadas à época do verão.

Cores frias
São cores onde predominam os tons de azul, verde e roxo. Caracterizam-se como cores melancólicas, tristes, que proporcionam a sensação de calma e recolhimento (aconchego) – portanto não são vibrantes. São cores associadas à época do inverno.

O significado das cores na Publicidade – EX. AZUL E BRANCO: Estimulante, predispõe à simpatia; oferece uma sensação de paz para produtos e serviços que precisam demonstrar sua segurança e estabilidade.

 SIMETRIA
Um perfeito exemplo de simetria encontrada na natureza é o caso da borboleta, a qual apresenta um único eixo de simetria. O adjetivo simétrico indica equilíbrio, harmonia, ordem, correspondência entre as partes. A característica principal é a perfeita correspondência de uma parte com a outra.
Simetrias são encontradas, freqüentemente, na natureza: olhe para o seu corpo, olhe para as imagens em um espelho, olhe as asas de uma borboleta, as pétalas de uma flor ou uma concha do mar. Simetrias também podem ser achadas na arte (o desenho do corpo humano de Leonardo da Vinci), na arquitetura e em objetos da nossa vida comum, como, por exemplo, uma tesoura.

 

HISTÓRIA DA ARTE

A história da arte é uma disciplina que estuda a evolução das expressões artísticas, a constituição e a variação das formas, dos estilos, dos conceitos transmitidos através das obras de arte.

Linha de tempo
Pré-História
Idade Antiga
Idade Média
Idade Moderna
Idade Contemporânea
Arte Brasileira

Olhando as Obras de Arte – Releitura é uma nova leitura, uma nova visão de algo já visto.

Por que trabalhar com obras de Arte ?
Para conhecer pessoas (artistas) que de forma simbólica registraram a história da cidade, do país o do mundo na época que viveram. Que de forma inédita (técnicas e materiais), expressaram através de sua sensibilidade deixando para o mundo sua marca impressa em pedras, telas, e outros.
Essas “pessoas” ARTISTAS – registraram os fatos não com palavras, mas com tintas, pincéis, linhas, pontos, formas, perspectivas, luz, sombras, profundidades, etc, cada um com seu próprio ESTILO.

Reler, recriar, NOVO jeito de Olhar –  

Recriar dá mais sentido, Imprimindo uma marca pessoal ao trabalho, para entender melhor o sentido da arte.
A releitura de obras surgiu nos anos 90.
” A questão da Releitura é muito importante. Sempre se fez Releitura de Obras, inclusive todos os grandes pintores o fizeram,ex: Velazquez feita por Picasso, Van Gogh feita por Francis Bacon, só para citar uns poucos do século XX.

Releitura de obra – é uma reinterpretarão da obra, perpassando uma primeira análise de aspectos como: a finalidade da obra; contexto cultural em que foi produzida,movimento artístico a que pertence; composição de formas e cores; etc.

Este texto procurou esclarecer sobre o tema artes visuais. Esses conceitos também podem ser utilizados nas terapias expressivas. Colaborando com a criação das crianças,adolescentes e jovens. Nas categorias individuais, e coletivas.

 

2 Comentários

  1. Oi Lourdinha! Adorei o texto! Era tudo o que eu precisava para revisar estes conteúdos com minhas alunas do Curso Normal. Bjs

  2. oi Lourdinha!Adorei o seu blog, era tudo o que eu precisava para as minhas aulas. Um resumo de tudo o que eu quero revisar com minhas alunas do Curso Normal. Bjs

Deixe uma resposta