Pages Menu
Categories Menu

Publicado por - 2/03/2012

Arte Conceitual

Arte Conceitual

“Eu estava interessado em idéias não somente em produtos visuais
                                                                            Marcel Duchamp
A arte como idéia, tendência derivada do Dadaísmo e de Duchamp movida pelo impulso de eliminar a estética tradicional.
A obra não é um fim em si : existe como um meio para realização da arte como conceito. 
Aproxima a  arte da filosofia. Essa arte, que se oferece mais ao pensamento que ao olhar, propõe uma nova forma de fruição.
A arte é pensar sobre a arte. 
Eliminando os meios tradicionais, surgindo novos meios de expressar  a arte, como por exemplo: instalação, performance e happening.
Instalação
Surgiu o termo de conceito de instalação como obra de arte,a partir do movimento chamado Minimalismo ou Minimal Art, por volta dos anos 60/70. 

Na maioria das  vezes são obras tridimensionais que utilizam, conjugam diversos materiais e objetos, incluindo luzes, vídeos e som, cuja colocação é variável conforme  o local onde são “instaladas”, onde seu objetivo é que o espectador possua uma relação de interação com a obra, explorando outros sentidos além da visão. 
A instalação é uma obra que  integra o espaço onde se encontra.
 Tomie Ohtake, 2000
(12 peças em uma área de 400m2)
Performance 
É um espetáculo em que o artista atua por conta própria, interpretandopapéis  ou fazendo sua criação. 
Interage várias linguagens, como dança, música e interpretação. Tem um caráter experimental e reduz-se a um número pequeno de apresentações.
Atuação  planejada, o público que vai assistir, sabe que vai acontecer algo. 
 Canibal, 2004
Marco Paulo Rolla
Happening
Ligados a eventos, são acontecimentos, não são objetos. Têm um caráter de apresentação informal e espontânea,  associada a surpresa, a uma ação imprevista. 

O público não espera o que vai acontecer, nem tão pouco sabe o que vai acontecer.
Podemos chamar estes eventos abaixo de Performance ou de Happening? 
Os dois termos aparecem em diversas ocasiões como sinônimos. 
Sendo que  no Happening o espectador participa da cena proposta, enquanto que  na Performance de modo geral, não há participação do público.
“Na Arte Contemporânea, não há fronteiras entre a fotografia, objeto ou as instalações. Mais do que a forma, o que importa é o que e tem a dizer.” 

“Na Arte Contemporânea, a arte é o modo de vida.”

Deixe uma resposta