Pages Menu
Categories Menu

Publicado por - 29/07/2013

Quando a arteterapia pode ser aplicada?

Digitalizar0022

  A  Arteterapia é um caminho através do qual cada indivíduo pode encontrar possibilidades de expressão para, através de técnicas e materiais artísticos, processar, elaborar e redimensionar suas dificuldades.  A Arte terapia vem sendo aplicada com sucesso no campo das profilaxias, isto é, medidas preventivas para a preservação da saúde da população, em clínicas de reabilitação de saúde mental e física, hospitais, empresas e escolas.

 Vários benefícios da Arteterapia são conhecidos como:

  • aumento da criatividade e senso estético,
  • melhor integração consigo e com a realidade externa,
  • aumento da auto-estima,
  • desenvolvimento pessoal e estética da singularidade – restituidora do equilíbrio emocional.

            A Arte terapia lança mão de recursos artísticos em contextos terapêuticos (de tratamento) ou profiláticos, de prevenção de questões diversas, que variam desde estresse e depressão até inibição e dificuldades de aprendizagem, a Arte em todas as suas manifestações: pintura, escultura, música, desenho, teatro, poesia… Ao realizarmos uma atividade artística, não só interferimos na realidade, como também desenvolvemos competências pessoais que aprimoram a performance, o desempenho da pessoa, o que estabelecerá formas de comunicação entre o real e o imaginário, entre o pragmático e o sensível, transformando o ato criativo em expressão produtiva. 

 “O homem se torna humano por sua vontade, por  seu compromisso com  a escolha.”

              A Arteterapia é o uso da arte como terapia. Embora seja uma atividade milenar, se desenvolveu há cerca de 60 anos. Consiste na criação de material sem preocupação estética e sim apenas de expressar sentimentos. Esta catarse é muito sadia e faz com que o indivíduo se reorganize internamente. A arte é por si só uma atividade regeneradora.

  No processo criativo, a energia do inconsciente se liga a um arquétipo e o expressa numa linguagem simbólica. A arte é um canal para um nível não verbal de percepção que leva ao processo de individuação. Neste processo somos forçados a nos confrontar com diversas facetas de nosso íntimo que estão geralmente em conflito com nossas idéias e comportamento consciente.

  A Arteterapia é então uma terapia que através da estimulação da expressão, do desenvolvimento da criatividade. Favorece:

.  A liberação de emoções, de conflitos internos, de imagens perturbadoras do inconsciente.

.  Contato com ansiedades, conteúdos reprimidos, medos

.  Coordenação motora

.  Mais e melhores “saídas” no dia a dia

.  O processo de individuação

.  Equilíbrio físico/ mental/ espiritual.

 São muitos os instrumentos da arteterapia:

Os primários: Água, argila, areia, corpo

Os demais: Desenho, pintura, colagem, sucata, escultura (massa, papel marchê, durepox, etc) costura, tricô, culinária, teatro, dança, literatura, enfim todas as formas de arte.

Existem duas linhas:

A interpretativa – onde se interpreta todo material produzido.

E a não interpretativa – onde o terapeuta não interpreta, embora entenda o conteúdo da criação. A arte por si só é regenerativa, pois libera todos os nossos “fantasmas”.

 A arteterapia pode ser aplicada:

  1. à empresa ou instituições – neste caso o trabalho visa o desenvolvimento da criatividade, desenvolver o potencial pessoal e a diminuição do stress.
  2. à escola – trabalha o desenvolvimento da criatividade, e o processo que o criar envolve: medo da expressão, do julgamento, ansiedade, auto estima, segurança em grupo …
  3. ao consultório – vai trabalhar com o processo criativo e o produto da expressão, entendendo melhor o paciente e ajudando-o no processo de integração de si mesmo, o equilíbrio.

 

Deixe uma resposta