Pages Menu
Categories Menu

Publicado por - 26/03/2015

Teoria das Cores – Ensino Médio

roda-de-cores

A cor no seu contexto cromático = A cor é uma percepção sensorial registrada pelos nossos olhos. Elas influem em nosso estado de ânimo e tem efeito psicológico sobre nós. Não só os artistas e pintores estudam as cores, mas também estudiosos de áreas científicas, se ocupam do estudo das cores: o físico,o químico,o psicólogo. A cor exerce ação tríplice: a de impressionar,a de expressar e a de construir. A cor é vista: impressiona a retina, é sentida, provoca emoção, é construtiva, pois tendo significado próprio, possui valor de símbolo, podendo construir uma linguagem que comunique uma idéia. Cor é vida!

As cores dos pigmentos –  O pigmento é um material colorido que pode ser encontrado na natureza ou ser produzido artificialmente. Ex. pigmento : dá cor a tudo o que é  material.

AS CORES

COR-PIGMENTO:  utilizada pelo pintor, manipulando “tintas”.

COR-LUZ: utilizada na tela de TV e no monitor do computador.

CORES PRIMÁRIAS E SECUNDÁRIAS

Cores primárias: São as cores puras, que não se consegue misturando outras cores. São:  Vermelho, Amarelo, Azul.

Cores secundarias: São as cores que são formadas por duas cores  primárias:

Amarelo + vermelho  =     Laranja 

 azul + amarelo  =  Verde

vermelho + azul  = Violeta

Temperatura das Cores

Cores quentes: São as cores que provocam sensações de movimento, alegria, agitação, etc. As cores quentes, são associadas ao sol e ao fogo Entre elas, temos: amarelo, laranja e vermelho (todos os tons).

As cores frias são associadas à água, ao gelo, ao céu, e às arvores: roxo, azul e verde. (todos os tons).

As cores quentes são consideradas excitantes e as cores frias calmantes.

Cores complementares – cores diametralmente opostas no círculo cromático.

A cor complementar de uma cor primária é a que resulta da mistura das outras duas cores primárias.

 

  1. O vermelho é complementar do verde.
  2. O azul é complementar do laranja.
  3. O amarelo é complementar do violeta.

 

 

Cores Neutras   – Não existe predominância de tonalidades quentes ou frias (cinzas, bege, marrons, preto e branco).

O branco é luz e a soma de todas as cores. Preto é ausência de luz e aparentemente não é feita de nenhuma cor.   Misturando o branco e o preto em quantidades diferentes conseguirás diferentes tons de cinzento.

 

Matizes ou nuances são as diferentes tonalidades de uma mesma cor. As cores mescladas com branco  tendem a clarear, e as com preto, escurecer. Uma cor possui infinitas nuances.

Monocromia, Isocromia, Policromia e Contraste

MONOCROMIA –     Uma pintura que emprega vários tons de uma mesma cor recebe o nome de monocromia: a arte feita com uma única cor, com variação de tonalidades. É a harmonia obtida através da adição gradativa de branco ou preto a uma única cor primária, secundária ou terciária.  MONO + CROMIA = UMA COR

POLICROMIA – É a arte feita com várias cores. É o emprego de várias cores no mesmo trabalho.   POLI + CROMIA = MUITAS CORES

ISOCROMIA – é a harmonia obtida usando cores diferentes, mas que implicam uma com a outra. Por exemplo, uma pintura em vermelho como cor dominante, com suas diferentes nuanças – o laranja, o amarelo.

CONTRASTE – a harmonia obtida com a oposição de cores complementares.

Isaac Newton, físico do século XVIII, utilizando-se de um prisma transparente, reproduziu um arco-íris dentro de casa para provar que essas radiações de ondas diferentes são coloridas e compõem-se de sete cores básicas: Vermelho, Laranja, Amarelo – ondas longas; Verde – intermediário; Azul ciano, Azul Anil e Violeta.

As cores complementares são usadas para dar força e equilíbrio a um trabalho criando contrastes. Assim, se queremos destacar um amarelo, devemos colocar junto dele um violeta.

Combina cores quentes e frias.Em qualquer trabalho devemos escolher uma cor dominante e sua cor complementar será usada em menores proporções, apenas para dar equilíbrio à composição.

As cores podem parecer diferentes em função da cor do fundo.

Deixe uma resposta