Pages Menu
Categories Menu

Publicado por - 18/12/2015

Você tem medo de envelhecer?

Imagem (2)

Envelhecimento, velhice e Depressão.
Você já se perguntou qual a diferença entre o envelhecimento e a velhice?
Então vamos destacar a afirmativa de Lima (2008), dizendo que o envelhecimento é um processo, no plano individual, implica trajetórias de vida e, no plano coletivo, se constrói sob diferentes influências de ordem sociocultural. A velhice denota o estado de “ser velho”, ou seja, a condição resultante do processo de envelhecimento que gerações têm vivenciado no âmbito de contextos específicos de seu ciclo vital (Lima, Silva, Galhardoni, 2008). A experiência desses processos vai levar a uma percepção do corpo envelhecido por parte dos idosos. Então, o corpo é a interface entre o social e o individual, entre a natureza e a cultura, entre o fisiológico e o simbólico (Le Breton, 2007). Logo, o idoso pode sofrer uma baixa autoestima, dificultando seu processo de envelhecimento, baseando somente na velhice nas perdas.
“O meu corpo mudou! A flexibilidade dos meus seios, as rugas em meu rosto! Tudo mudou. É um corpo cansado, cheio de dor, com muita artrose e precisando de cuidados físicos. Esse corpo quer destruir a minha saúde”. (MLO, 73 anos)


Você tem medo de perder o seu corpo,
Você tem medo de envelhecer,
Você tem medo do futuro, de não ter quem cuide de você e assim você desiste de viver.
A verdade é que antes, as jovens, as idosas buscavam o espelho porque este servia para confirmar sua autoestima, agora, que imagem o espelho revela?


A imagem que aparece, como um autorretrato sintetiza o sentimento de todas as idosas: “sou feia”.
Afirma Eco (1989, p.106), “o espelho registra o que atinge de forma como o atinge. Ele diz a verdade de modo desumano e diante do espelho se perde toda e qualquer ilusão sobre a juventude”.
As lembranças parecem dar sentido a existência, mas o medo de uma morte eminente parece trazer um certo pânico, dificultando a qualidade de vida.

Deixe uma resposta