Pages Menu
Categories Menu

Publicado por - 11/12/2015 - Dependência Química

Dependência Química. O auto conhecimento é o principal benefício.

PREVENÇÃO À RECAÍDA O auto conhecimento é o principal benefício. Estabilização — Significa voltar ao controle dos pensamentos, emoções, comportamento após ter recaído. Os familiares ou amigos, pessoas mais próximas precisam estar sóbrios, informados, para que consigam dar o apoio e encaminhar a pessoa para um tratamento, uma ajuda direcionada. O usuário precisa encontrar pessoas em quem confia e acredita, para dar os passos necessários para restabelecer sua sobriedade.   Avaliação — O segundo passo implica identificar o que ocasionou a recaída. Isto é feito revisando como desencadeou o desejo de voltar a usar o álcool e outras drogas, descrever as cenas, verificar os sinais de aviso específicos – dar nome a eles, verificar os sintomas que ocorrem durante tentativas de conseguir abstinência. Esta informação fornecerá indícios do que foi feito errado e o que pode ser feito diferente para melhorar as chances de sobriedade permanente. Precisamos aprender com o passado, e rever nosso momento presente, aqui e agora. “Se você falha em aprender com seu passado, você é...

Leia Mais

Publicado por - 10/08/2015 - Dependência Química

A intoxicação pelo álcool é uma estratégia poderosa para prevenir

“Eu bebo sim Eu tô vivendo Tem gente que não bebe E tá morrendo”… Você acredita no que diz essa música? Ao ler o texto reflita sobre as consequências do uso indevido do álcool. A despeito de todos os significados culturais e simbólicos que o consumo de bebidas alcoólicas adquiriu ao longo da história humana, o álcool não é um produto qualquer. É uma substância capaz de causar danos através de três mecanismos distintos: toxicidade, direta e indireta, sobre diversos órgãos e sistemas corporais; intoxicação aguda; e dependência. Tais danos podem ser agudos ou crônicos e dependem do padrão de consumo de cada pessoa, que se caracteriza não somente pela freqüência com que se bebe e pela quantidade por episódio, mas também pelo tempo entre um episódio e outro e ainda pelo contexto em que se bebe. Com relação aos efeitos tóxicos do álcool, é importante salientar que alguns de seus efeitos danosos à saúde podem resultar de um episódio único de consumo excessivo, mesmo que a pessoa não...

Leia Mais

Publicado por - 29/01/2015 - Dependência Química

Como ajudar meu filho (a) a sair do uso do álcool e outras drogas.

 Olá pessoal,  ao pensar em um artigo para dar continuidade  ao diálogo sobre álcool e outras drogas deparei-me com várias perguntas? O que faz uma pessoa fumar? O que faz uma pessoa usar de forma indevida o álcool? E assim poderíamos ir tecendo várias perguntas. Várias pessoas dizem: “é preciso fazer prevenção!”. E o que é prevenção?  ¨Poderíamos dizer que, em geral, a prevenção refere-se a toda iniciativa coletiva visando à sobrevivência da espécie. Na realidade é um conceito recente e poderíamos dizer que as primeiras instituições na história que estiveram na sua vanguarda foram as religiosas.   (CAVALCANTI – 2001). Mas, quando fazer a prevenção, será que as pessoas desejam mesmo buscar informações para que outras pessoas não entrem nesse ciclo do uso indevido do álcool e outras drogas?  Olha que expressão bonita:  ¨Prevenir não é banir a possibilidade de uso de drogas. Prevenir é considerar uma série de fatores para favorecer que o indivíduo tenha condições de fazer escolhas. Fazer escolhas, que dificuldade, quando percebemos já fizemos escolhas...

Leia Mais

Publicado por - 26/01/2015 - Dependência Química

Dependência do uso do álcool e outras drogas: O drama das famílias

 Nos dias de hoje, um número crescente de famílias passa pelo drama de ter em seu meio uma ou mais pessoas que sofrem com a dependência do uso de álcool ou do uso de drogas. E por este motivo, várias histórias terríveis de dor e de sofrimento, de tristeza e de amargura são criadas, levando pessoas comuns a uma vida que simplesmente passa longe do que se entende por felicidade. A dependência do uso do álcool, bem como a dependência do uso de drogas, é uma consequência de um estilo de vida, mas que também pode ser a consequência de algo ainda mais profundo, como a fuga de problemas, entre outras coisas. Uma ajuda é sempre bem vinda Pessoas que sofrem com este tipo de problema costumam negá-lo até o fim, levando tudo até as últimas consequências, gerando como resultado desta atitude intempestiva apenas mais sofrimento. No entanto, para muitas pessoas da família, especialmente para as pessoas mais próximas, nem sempre é fácil encarar os fatos de frente e...

Leia Mais